Está marcada para o dia 21 de março, no Vila Conte, em São José do Rio Preto, a Security Expo – primeira feira de Segurança Eletrônica do interior do estado de São Paulo. Organizada pela Castseg – maior rede de franquias deste setor do Brasil – com sede em São José do Rio Preto e fundada em 2001 pelo empresário Márcio Castilho, este evento reunirá as principais empresas do país e do mundo do segmento em uma área de estandes, além de trazer uma programação de workshops sobre a funcionalidade dos produtos e serviços relacionados à segurança privada, pública, pessoal, patrimonial e empresarial.

Além de Márcio Castilho, está à frente da Cast Seg os empresários Túlio Andreo Fonseca e Patrícia Mello Arroyo. Para chegar neste formato de feira, juntos eles pesquisaram muito durante três anos, visitando os mais importantes eventos do setor como a EXPOSEC – Feira Internacional de Segurança, considerado o principal evento e vitrine tecnológica da América Latina, ISC Brasil, Latam Retail Show, ABF – Franschising Fair e Fórum Internacional de Franquias e Negócios – todos acontecem anualmente na capital paulista.

Segundo os organizadores, o setor de segurança eletrônica cresce a cada ano. “Para se ter ideia, em 2017 o faturamento foi de R$ 6,04 bilhões só no Brasil. Este é um assunto de interesse de diversos públicos como empresas de monitoramento, instaladores, integradores, administradores e síndicos de condomínios, poder público e população em geral”, explicam.

Um cenário que só cresce

Para este ano de 2018, a expectativa é ainda melhor do que do último ano. A presidente da Associação Brasileira de Segurança Eletrônica, Selma Migliori, divulgou que a expectativa é registrar um aumento de 2% em relação a 2017 com destaque para os segmentos de videomonitoramento e portarias remotas. A Cipa Fiera Milano, promotora de feiras no Brasil e uma das maiores da América Latina, está mais otimista, esperando um crescimento de faturamento de 10% a 15% para este ano.

Foi divulgado pelo Social Progress um índice que colabora para o crescimento deste setor, onde o Brasil aparece em décimo primeiro lugar como o país mais inseguro do mundo. “Este clima de insegurança faz com que as pessoas, o poder público e as empresas procurem cada vez mais tecnologias e também, por outro lado, com este aumento da demanda, os fabricantes invistam em novas tecnologias colocando no mercado cada vez mais novidades, a preços mais acessíveis para aumentar a segurança”, ressalta Márcio Castilho, organizador da Security Expo e presidente da Castsep. Segundo especialistas, apenas na capital paulista já existem um milhão de câmeras instaladas, ou seja, uma para cada sete habitantes.

Hoje no Brasil, o setor é composto por mais de 26 mil empresas, que geram 200 mil empregos diretos e mais de 1,7 milhões de empregos indiretos. Somente em São José do Rio Preto e região estão no mercado cerca de 100 empresas.

Sobre a Cast Seg

Em 2001, o empresário Márcio Castilho fundou, em São José do Rio Preto, o Grupo CAM Segurança Eletrônica, grupo formado por sete empresas de monitoramento da cidade e da região. Dois anos depois, em 2003, Castilho mudou o nome para Castilho Segurança passou a atuar no segmento de distribuição, inicialmente atendendo apenas as empresas do Grupo CAM, porém a expansão como distribuidora de equipamentos eletrônicos de segurança foi tão grande que em 2006 a empresa ingressou no segmento de franquias, fornecendo todo o know-how adquirido nesses anos de experiência, adotando o nome Castset. A empresa ganhou reconhecimento por meio do prêmio As Melhores Franquias do Brasil, realizado pela revista Pequenas Empresas, Grandes Negócios, e se posicionou como a maior rede de segurança eletrônica do país. A missão da empresa é garantir aos franqueados o compromisso de qualidade dos produtos e serviços prestados por meio da qualificação constante. Hoje, a empresa atua em 17 estados brasileiros com mais de 100 franquias.

Mais informações para a imprensa:

BoniPeixe Comunicação – (17) 3305-6349 – 99111-4061